23.6.07

Meu Amante Amigo...



Meu amante amigo, amei-te uma vez, duas…até perder a conta das vezes que por ti me apaixonei. Amo-te tanto que esse amor já nem no meu peito cabe. O meu coração arde de paixão, numa fogueira de desejo alimentada pelas chamas da ansiedade. Este amor não é doce nem calmo, este amor é um furacão que se levantou no meio da serenidade de um dia de verão. É tudo o que eu desejo e quero, viver este amor e vive-lo intensamente como se não existisse o amanha…Meu amigo…meu amante quem diria? Conheço-te toda a minha vida, rimos, choramos, brincámos juntos desde sempre…e …agora que te amo penso que sempre te amei e que todos os dias me apaixono uma vez mais por ti. Quero que isto dure até ao fim dos meus dias, sempre com a mesma intensidade, sempre com o mesmo ardor.


3 comentários:

jvasco.fotografia disse...

Bonita macro, excelente flor, texto empolgado.

Parabéns pelo blogue.

Joca disse...

E é tao bom quando nos apaixonamos tantas vezes e ...sempre pela mesma pessoa.Mais um texto fantastico.Obrigado
Joca_xanisco

Renata Victor disse...

ADOREI SEU BLOG!!! Parabéns! Vou incluir na lista dos meus blogs amigos. Bjs...
Renata Victor - renatavictor.blogspot.com