7.3.10

Uma Gaivota Voava, Voava...




Gostaria de ser como elas, livre para voar e viver.


5 comentários:

Multiolhares disse...

A liberdade temos de a encontrar em nós, tão difícil é, no entanto mesmo sem abrirmos os braços a nossa mente pode deixar-nos voar, mas estou contigo pois ao olhar as gaivotas todos os dias de manhã olhando a sua liberdade, também gostava de ser assim
beijinhos

a ALMA das IMAGENS disse...

Ser livre?...
Talvez seja uma questão de consciência, acredito que a liberdade encontra-se bem dentro de nós. lembrei-me de uma frase de Mahatma Gandhi: "A prisão não são as grades, e a liberdade não é a rua; existem homens presos na rua e livres na prisão. É uma questão de consciência."
Lindas estas fotos.
Abraço de alma e resto de Bom domingo.
Assina:
Sissi

tossan disse...

E talvez pairar no ar...Todas ótimas mas gostei muito do tom da última. Beijo

Maria, Simplesmente disse...

A luta pela liberdade é sempre grande, penosa, e deixa-nos marcas por vezes profundas.
Mas quando depois conseguimos abrir as asa e voar sem correntes, pelos céus que tanto nos fascinavam, como se o tempo já não existisse... porque ele é todo nosso, e nessa altura já somos nós, com erros caindo uma vez e outra, e ultrapassando sempre as dores da queda, porque a liberdade vale toda a luta, vemos a recompensa na chegada à montanha e dizer lá do alto: SOU LIVRE...!
Bom fim de semana
Maria

CR disse...

Marisa, livre não é quem quer, mas sim quem pode. A série de fotografias é excelente.
Um abraço.