21.4.09

Back to the Start with Me

"A tarefa mais difícil é aprender a esquecer a quem aprendemos a amar."

Quando o passado teima em entrar sem pedir licença no nosso presente, é sem dúvida desconcertante...as memórias e os desejos de reviver o fogo que tanto nos consumiu...

É difícil explicar...quando se olha no espelho e o nosso reflexo transmite aquele relacionamento que nunca esquecemos totalmente ...e que teima em querer entrar nas nossas vidas novamente...o coração, a cabeça, até o corpo, tudo nos empurra para aquela ligação que apesar de ser passado e de não ter futuro pode ficar para sempre num presente...

será que estás disposto...será que queres...será que a velha chama se apagou para sempre em ti ou...

perde-te comigo num espiral de sentimentos tão novos e tão nossos conhecidos.

4 comentários:

CR disse...

Olá Marisa,
Um grande pedaço de vida neste post...
E a esperança, claro, que faz com que acreditemos sempre mesmo que tudo diga que não.
Um abraço.

Maria, Simplesmente disse...

Marisa, é sempre bom amar, mesmo sabendo que haver+a sofrimento.
As recordações ficam e dentro de nós não haverá o vazio de quem ficou sem nada.
Bj
Maria

Maria Eugenia Ponte disse...

Olá, amiga Marisa!
Lindas as tuas palavras e, quanto às imagens... não lhes ficam atrás.
Olha, dá um pulinho ao meu blog do artesanato e leva o selinho da amizade!
Aproveita para ver os nossos novos trabalhos, em especial as caixas que o Fernando faz com papel de arroz, vais gostar concerteza.
Bom fim de semana, beijinhos,
Gena

Nilson Barcelli disse...

A vida é assim mesmo cara amiga.
Há chamas que se reacendem quando menos esperamos. Por isso, vale a pena manter o sonho...
Bom fim de semana.
Beijos.